Quem Somos Nós

A História dos Menonitas no Brasil

Os Menonitas de origem européia vieram para o Brasil entre 1928 e 1934 como fugitivos do comunismo russo. Istalaram-se no vale do rio Krauel, no município de Ibirama, em Santa Catarina. Depois de 20 anos em Santa Catarina, por não se adaptarem à região montanhosa e selvagem, os menonitas buscaram novos rumos, e compram a fazenda Cancela, próximo a Curitiba, no Paraná. Assim fundaram comunidades no Bairro de Vila Guaíra, Boqueirão e na Colônia Witmarsum (em Palmeira), no Paraná. Em suas comunidades, construíram Igrejas, escolas e fundaram cooperativas.

 

De onde vem o termo menonitas?


O termo MENONITAS, vem do nome de Menno Simons, pastor holandês, precursor dos batistas, dos Menonitas e dos irmãos Menonitas, que eram pessoas que dedicavam sua vida a Deus através do protestantismo, movimento que veio depois da Reforma Protestante. Menno Simons foi um dos precursores do batismo em adultos, fato que marcou seu ministério contribuindo para a reforma da doutrina oriunda da igreja católica de que o batismo deveria ser feito ainda na infância. Devido a este fato, Menno Simons foi perseguido em seu país e na Alemanha. Este grupo recebeu o convite da Czarina Russa para investirem na agricultura, porém em local isolado. Mais tarde, quando da primeira guerra mundial, os Menonitas começaram a ser perseguidos pelo comunismo e fugiram da Rússia. As comunidades Menonitas se espalharam por todo o mundo, não só no Brasil.

WITMARSUM: O Brasil dos Menonitas. Parte I



WITMARSUM: O Brasil dos Menonitas. Parte II



WITMARSUM: O Brasil dos Menonitas. Parte III


Veja também: